sexta-feira, julho 3

QUE TAL MAIORIA ESMAGADORA?


Dia de eleições, 2 listas concorrentes, de um lado Vieira o nosso presidente, do outro... Bruno Carvalho. Quem?? Aiii tenho sempre que explicar tudo... esse senhor é o director do porto canal e o mentor do blog Novo Benfica, aquele senhor que estava sempre a criticar a nossa direcção e a elogiar o presidente lá de cima, sem acrescentar nada de novo como...talvez propostas. Já se lembram?? Siiiiim esse mesmo, o que tentou por todos os meios (i)legais ser o único candidato nestas eleições, começou por exigir na imprensa que Luis Filipe Vieira não se recandidatasse (e viva o desespero) e acabou por recorrer aos tribunais. Como isto não era mais que um golpe "à ditador" e ficamos já com uma ideia do que seria este homem como presidente, as suas queixinhas não foram aceites e as eleições estão a decorrer com a maior normalidade. Nota-se até agora uma enorme afluência dos Benfiquistas às urnas, os dois candidatos já votaram, 11 jogadores da equipa principal também entre outras personalidades do clube, prefazendo mais de 10000 votantes até esta hora. Prevejo uma maioria completamente esmagadora com mais de 90% para a lista de Luis Filipe Vieira.
Os sócios que ainda não foram votar, dirijam-se aos locais de voto, casa do Benfica de Famalicão, Pavilhão 2 na Luz, Casa do Benfica de Faro, Casa do Benfica de Coimbra e casa do Benfica de Évora, fora de Portugal Continental a votação é facilitada através da Internet.
Vote! Exerça o seu direito e dever de Benfiquista.


AMO-TE SPORT LISBOA E BENFICA

4 comentários:

águia_livre disse...

98% a 2% vai ser este o resultado final.

Bom dia de eleições
.

margaridabenfiquista disse...

hehehhehheheh concordo com o aguia livre, Burro Paspalho deve de estar que nem pode.

Eu já voteiiiiiiiiiiiii


beijinhos lindinha

..

Maestro disse...

Foi quase uma vitoria pornografica eheheheheheh

Não sou vieirista como bem sabes, mas não havia outro resultado possivel.

Viva o Benfica

Saudações

Dylan disse...

As eleições presidenciais no Benfica tiveram o condão de unir a nação benfiquista. Contra "cavalos de Tróia" e os sedentos de protagonismo, onde não faltaram as manobras pseudo-jurídicas para impedir o acto eleitoral e denegrir os estatutos do clube. A histeria provocada torna-se compreensível à medida que se aproxima o dia em que o Benfica tornará a ser detentor dos seus direitos televisivos desportivos e a sua TV começa a ter o êxito esperado. O poder associativo do Benfica nunca deve ser menosprezado por ninguém assim como a gratidão para com quem transfigurou um clube despedaçado num clube moderno e eclético.

http://dylans.blogs.sapo.pt/